Home
Distrito
Agenda
Deputados/as
Autarcas
Artigos de Opinião
Sociedade
ARTividade
Cultura
Notícias em Arquivo
Vídeo
Adere ao Bloco
Concelhos
Amarante
Felgueiras
Gaia
Gondomar
Maia
Matosinhos
Porto
Póvoa de Varzim
Vale do Sousa
Valongo
Vila do Conde
Santo Tirso
Newsletter







Solidariedade com os trabalhadores da agência Lusa e do “Público" criar PDF versão para impressão enviar por e-mail
18-Out-2012
lusa.jpgO Bloco de Esquerda de Vila Nova de Gaia veio a  público demonstrar a sua solidariedade com os/as trabalhadores/as da Agência Lusa, que estarão em greve entre os dias 18 e 21 de Outubro. O BE gaia vem assim reforçar as palavras da deputada Catarina Martins hoje no Parlamento: “O único sentido, que pode ter cortar na Lusa agora, é cortar na democracia e isso é o corte mais inaceitável”.  O comunicado do BE Gaia refere ainda o apoio à greve dos trabalhadores/as do jornal "Público", após os jornal ter anunciado quase 50 despedimentos.

 

Comunicado do Secretariado do Bloco de Esquerda de Vila Nova de Gaia 


 
Solidariedade com os trabalhadores da agência Lusa e os trabalhadores do jornal o “Público”.

Os trabalhadores da agência de notícias Lusa e os trabalhadores do jornal o “Público”, estão e vão estar em greve nos próximos dias.

A apresentação pelo governo da proposta de Orçamento Geral de Estado para o ano 2013, prevê um corte de 30% no contrato-programa entre a agência Lusa e o Estad.o O governo, a manter esta decisão, vai infligir um brutal ataque ao serviço público de notícias e põe em causa a rede da Lusa em Portugal e no Estrangeiro.

Esta opção do governo vai promover um programa de rescisões amigáveis dos contratos individuais dos trabalhadores, ou eventualmente, um despedimento coletivo. O governo continua a ser maior desempregador do país.

Os despedimentos de trabalhadores da agência Lusa é um ataque ao direito de informação, à democracia, à coesão territorial e à língua portuguesa.

O Bloco de Esquerda considera que a agência Lusa é uma agência essencial ao país e um importante suporte para outros órgãos de comunicação no país e no estrangeiro, pelo serviço de difusão que desenvolve. A decisão do governo de direita PSD/CDS de efetuar os cortes anunciados no Orçamento de 2013, afetarão a qualidade e a quantidade do serviço e o pluralismo informativo, mas também a abrangência da cobertura nacional.

O Bloco de Esquerda manifesta toda a solidariedade aos trabalhadores da agência de notícias Lusa e ao processo de luta - a GREVE a realizar entre 18 a 21 de Outubro.

GREVE DOS TRABALHADORES DO JORNAL “O PÚBLICO”
O Bloco de Esquerda manifesta a sua solidariedade e apoio à GREVE que os trabalhadores vão desenvolver no dia 19 de Outubro de 2012.

Com um plano de redução de custos de 3,5milhões de euros, o jornal “ Público” detido pelo Grupo SONAECOM, pretende despedir cerca de 50 trabalhadores. O jornal “Público” é uma pequena empresa da holding SONAECOM, que concretizou resultados positivos no ano de 2011 de 103 milhões de euros e fez investimentos no mesmo ano na ordem de 475milhões de euros.
Numa linha de não perder nos lucros, o grupo SONAE promove mais um despedimento de várias dezenas de trabalhadores, e presta assim um mau serviço ao país quando coloca em causa um jornal que respeita a pluralidade da informação.
 

 
Artigo seguinte >
© 2017 Site Distrital do Porto - Bloco de Esquerda
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.